VERDADE

Rodar com pouco combustível diminui sensivelmente a vida útil da bomba de combustível, alguns poderão discordar, porém, depois de tantos anos consertando carros, percebi que em algumas situações a “estatística” fala mais alto que os projetistas.

A história se repete, não é porque seu carro possui amortecedores que você vai pegar todos os buracos que encontra pela frente, não é porque o tanque do seu carro possui uma reserva que você andará sempre com pouco combustível. Chegar até a reserva vez ou outra não tem problema, o que estraga a bomba de combustível é viver na reserva, estou falando daquelas pessoas que ficam abastecendo dez ou quinze reais toda vez que ascende a luz indicadora do tanque.

A bomba fica alojada dentro do tanque justamente para que o combustível refrigere o pequeno motor elétrico que está contido dentro dela. Para você entender melhor, quando o motorista vira a chave de ignição, assim que as luzes do painel ascendem, a bomba de combustível do seu carro começa a funcionar, e ela não para, fica mandando combustível para o motor esteja ele funcionando ou não, aquilo que o motor não queima é devolvido para o tanque.

Como você pode perceber esse pequeno motor elétrico trabalha muito e aquece bastante, é por isso que a bomba precisa de pelo menos ¼ de combustível dentro do tanque para resfria-la. Engana-se quem acha que o retorno do combustível refrigera a bomba, primeiro porque a vazão é pequena e o segundo ponto é que o combustível que retorna para tanque recebe parte da caloria do motor e retorna aquecido para o conjunto da bomba.

Além do aquecimento, existem outros vilões dentro do tanque que se aproveitam do nível baixo para estragar sua bomba de combustível, a sujeira acumulada no fundo do tanque entope parcialmente uma pequena peneira que fica na boca da bomba, essa obstrução acaba exigindo mais do motor e com o tempo ele acaba queimando.

O último vilão é o combustível adulterado, esse é o mais difícil de brigar, eu já vi de tudo dentro do tanque, água, solvente, corante, álcool anidro, querosene, areia, graxa, entre outros. Alguns destes produtos se misturam ao combustível, outros acabam se separando e indo para o fundo do tanque e, quanto menos combustível tiver, mais significativos serão os danos causados por essas substâncias nocivas a sua bomba e ao seu motor.

tanque vazio estraga o carro

 

 

Fontes:
Texto: g1.globo.com
(Por Denis Marum)
Foto: Divulgação

Quer publicar uma matéria em nosso Blog? Envie para blog@redesato.com

programa sou franquia

Compartilhar